ceará

Vagas do Sisu para o estado do Ceará

Imagem Postado em Atualizado em

Vagas do Sisu para o estado do Ceará

Ao todo, com o Instituo Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) e a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB) serão ofertadas 8.437 vagas por meio do Sisu no Estado.

Veja mais detalhes da chamada em: http://bit.ly/1l5dYv5

Pela Entrega Imediata de Nossas Carteirinhas!!

Postado em Atualizado em

Pela entrega IMEDIATA das carteirinhas de 2013/2014!! Exigimos transparência e compromisso com os acordos firmados com os DCEs!!
Pela entrega IMEDIATA das carteirinhas de 2013/2014!!
Exigimos transparência e compromisso com os acordos firmados com os DCEs!!

Não ao Retrocesso da Prefeitura de Roberto Cláudio!!QUEREMOS nossas carteirinhas gratuitas JÁ!!Este foi um ano de grandes manifestações de RUA! A Juventude protestou contra as retiradas de Direitos que o governo tem tentado implementar. Dissemos “FORA FELICIANO”, “FORA CURA GAY”, “PUNIÇÃO AOS MENSALEIROS”, “CONTRA A PEC 37”, “CONTRA AS REMOÇÕES E A DESIGUALDADE DA COPA”.
Fortalecemos e construímos em todo o Brasil FÓRUNS PELO PASSE-LIVRE!E precisamos avançar!!

Aqui em Fortaleza, os estudantes também foram às Ruas! Lutamos contra a destruição do Parque do Cocó, pelo Passe-Livre, pela entrega imediata de nossas carteirinhas, que estão atrasadas há quase 1 ANO!

Com essas grandes mobilizações, conseguimos garantir diversas reuniões com a ETUFOR, onde nos foi assegurado que os estudantes continuariam com suas carteirinhas gratuitas.

Agora temos mais um retrocesso batendo em nossa porta!
A prefeitura de Fortaleza anunciou no dia 10 de dezembro que não irá mais custear as carteirinhas de estudante das Universidades Públicas (IFCE, UFC e UECE), com a desculpa de “corte de gastos”.

Isso significa que as carteirinhas 2014 deverão ser pagas pelos estudantes. Um claro ataque ao direito à gratuidade. Direito historicamente conquistado.

Não podemos permitir que esse retrocesso aconteça!! Devemos tomar novamente às ruas e protestar!!

Pela entrega IMEDIATA das carteirinhas de 2013/2014!!
Exigimos transparência e compromisso com os acordos firmados com os DCEs!!

Entenda a notícia: http://www.opovo.com.br/app/politica/2013/12/10/noticiaspoliticas,3174990/prefeitura-nao-pagara-mais-pela-renovacao-de-carteiras-para-estudantes-universitarios.shtml

DCE IFCE – Gestão É Preciso Ter RAÇA apoia a GREVE DAS UNIVERSIDADES ESTADUAIS

Postado em Atualizado em

 

DCE IFCE - Gestão É Preciso Ter RAÇA apoia a GREVE DAS UNIVERSIDADES ESTADUAIS
DCE IFCE – Gestão É Preciso Ter RAÇA apoia a GREVE DAS UNIVERSIDADES ESTADUAIS

Companheirxs, como vocês devem saber, as Universidades Estaduais estão em Greve – UEVA, URCA e UECE – com uma pauta extensa de reivindicações.

Entre as quais: 
• Contratação de professores efetivos;
• Concurso para servidores;
• Infraestrutura;
• Aumento de verbas.

Acreditamos que neste momento, é necessário todo apoio à luta dos estudantes, servidores e professores contra a precarização e descaso que o Governo tem tratado essas Universidades, que aglomeram um setor muito grande da juventude do Ceará.

Neste sentido, nós do DCE JML – Gestão É Preciso Ter RAÇA assinamos nota em apoio a essa importante Greve e nos somamos ao grito dessa imensa juventude que constroi essas Universidades!!

Mesmo que a ocupação tenha acabado, continuamos na luta pela negociação!!
NEGOCIA, CID!!!
http://universidadeemgreve.wordpress.com/2013/12/01/a-organizacoes-do-estado-exigem-negociacao/

“PARLAMENTARES, SINDICATOS, DCEs, MOVIMENTOS SOCIAIS, ENTIDADES DE CLASSE E ONGs APELAM AO GOVERNADOR CID GOMES PARA QUE NEGOCIE COM AS CATEGORIAS EM GREVE.

GOVERNADOR CID GOMES,

NEGOCIE COM OS PROFESSORES, SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS E ESTUDANTES DAS UNIVERSIDADES ESTADUAIS

Nós, signatários deste apelo, nos dirigimos ao Governador Cid Gomes no sentido de negociar, imediatamente, com as entidades representativas dos professores, servidores técnico-administrativos, estudantes e administrações superiores das universidades estaduais cearenses, por ser justa e legítima esta causa.

Esta reivindicação não deveria ser objeto de polêmica ou de controvérsia, posto que, na democracia, cabe naturalmente ao governante negociar em face dos conflitos sociais. Ademais, as dificuldades por que passam as universidades são de todos conhecidas e merecem a imediata atenção do Governo.

Desde à tarde de 27 de novembro, o movimento grevista realiza uma ocupação pacífica nas dependências da Assembleia Legislativa, buscando sensibilizar o Governo para a necessidade de abrir esta mesa de negociação o mais brevemente possível.

Nós apoiamos esta solicitação e juntamos nossa voz à dos professores, servidores técnico-administrativos e estudantes, certos de que o Governador Cid Gomes não se negará a este gesto democrático.

ASSINAM:

Parlamentares:

Deputado Estadual Antônio Carlos (PT – CE) / Deputada Estadual Eliane Novaes (PSB – CE) / Deputado Estadual Heitor Férrer (PDT – CE) / Deputado Estadual Delegado Cavalcante (PDT – CE) / Deputada Estadual Fernanda Pessoa (PR – CE) / Deputado Federal Eudes Xavier (PT – CE) / Deputado Federal Artur Bruno (PT – CE) / Vereador João Alfredo (PSOL – CE)
Vereador Ronivaldo Maia (PT – CE) / Vereador Acrísio Sena (PT – CE) / Vereador Renato Cinco (PSOL – RJ) / Vereador Henrique Vieira (PSOL – Niterói / RJ) / Vereador Cléber Rabelo (PSTU – PA) / Vereadora Amanda Gurgel (PSTU – RN) / Senador Pinheiro (PT – BA) / Deputado Federal Cláudio Poty (PT – PA) / Gelsimar Gonzaga (Prefeito de Itaocara).

Entidades e Organizações Sindicais:

Associação Nacional dos Docentes do Ensino Superior (ANDES – AD) / Associação dos Docentes da UFC (ADUFC) / Sindicato dos Servidores do Instituto Federal do Ceará (SINDSIFCE) / CSP Conlutas – Ceará / MOVA-SE (Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará) / Associação dos Servidores de Secretaria de Educação do Estado do Ceará (ASSEEC) / Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de Fortaleza (STICCRMF) / Sindicato dos Rodoviários do Ceará (SINTRO) / Sindicato dos Sapateiros do Ceará / Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Intermunicipal (SINTETI) / Sindicato das Trabalhadoras da Confecção Feminina do Ceará / Sindicato dos Servidores Municipais de Juazeiro do Norte / Sindjustiça Ceará / Sindiodonto / Sindicato dos Agentes de Trânsito do Cariri / Sindicato dos Servidores Municipais de Limoeiro / Sindicato dos Servidores Municipais de Quixeré / Sindicato dos Servidores Municipais de Jaguaruana / Sindicato dos Professores da Rede Pública Municipal de Crateús / Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Crateús / Sindicato dos Servidores Municipais de Juazeiro do Norte / Sindicato dos Trabalhadores na Área de Trânsito do Estado do Ceará (SINDETRAN) / Associação dos Servidores do NUTEC (ASNUT) / Associação dos Funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (AFBNB) / Unidade Classista / Sindicato dos Psicólogos do Paraná (SINDYPSI/PR).

Entidades de Classe e ONGs:

Associação dos Juízes pela Democracia no Brasil – Núcleo Ceará / Comitê Memória, Verdade e Justiça do Ceará / Rede Nacional dos Advogados Populares (RENAP – Ceará) / Instituto Terramar / Cáritas Diocesana / Conselho Regional de Serviço Social (CRESS – Ceará) / Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) / Instituto Frei Tito de Alencar. Movimentos Sociais: Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) / Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) / Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) / Central dos Movimentos Populares (CMP – Ceará) / Marcha Mundial das Mulheres (MMM) / Movimento Mulheres em Luta (MML) / Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) / Caravana da Periferia / Movimento Livre! / ENEGRECER / Movimento Hip Hop Organizado do Brasil (MH2O).

Movimento Estudantil e Juventude:

União Nacional dos Estudantes (UNE) / Assembleia Nacional dos Estudantes Livres (ANEL) / Levante Popular da Juventude / Rompendo Amarras – Campo de Juventude e Movimento Estudantil / União da Juventude Comunista (UJC) / KIZOMBA / Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil (FEAB) / Executiva Nacional dos Estudantes de Nutrição (ENEN) / Federação do Movimento Estudantil de História (FEMEH) / Executiva Nacional de Estudantes de Comunicação Social (ENECOS) / Executiva Nacional de Estudantes de Serviço Social (ENESSO) / Executiva Nacional de Estudantes de Educação Física (EXNEEF) / DCE USP / DCE UFRJ / DCE UFMG / DCE UFSM / DCE UEBA / DCE UNESP / DCE UFS / DCE UNIVASF / DCE UFERSA / DCE UNIFESSPA / DCE IFCE / DCE UFMT / DCE UEL / DCE EMBAP / DCE UFES / DCE UEMA / Amanhã vai ser maior!” gestão eleita para o Diretório Central de Estudantes – UFC / “Não vou me adaptar!” gestão eleita para o Diretório Central de Estudantes – UFMS / Grêmio Estudantil Paulo Freire – Liceu do Conjunto Ceará / Resistência Socialista / Coletivo Nacional Levante! / Movimento Nacional Juntos.”

Moção de Repúdio ao processo de alteração do calendário acadêmico, realizada pela REItoria do IFCE

Postado em Atualizado em

O DCE-JML, em consenso com os trabalhadores, crê que estas mudanças, indiferente de seus bônus e ônus, devia ter passado antes por consulta dos discentes e docentes, e que estes, de maneira coletiva, decidissem pelo melhor calendário. Mas, não é novidade: MAIS UMA VEZ FOMOS TRATORADOS, e nossas opiniões desconsideradas. Logo, o DCE-JML assina esta moção de repúdio.
O DCE-JML, em consenso com os trabalhadores, crê que estas mudanças, indiferente de seus bônus e ônus, devia ter passado antes por consulta dos discentes e docentes, e que estes, de maneira coletiva, decidissem pelo melhor calendário. Mas, não é novidade: MAIS UMA VEZ FOMOS TRATORADOS, e nossas opiniões desconsideradas. Logo, o DCE-JML assina esta moção de repúdio.

Camaradas,

O Diretório Central dos Estudantes – Jose Montenegro de Lima (DCE-JML) esteve presente na assembleia dos professores e tecnicos do IFCE, ocorrido hoje, no IFCE-Campus Fortaleza.

Um dos pontos debatidos na assembleia foi a da mudança arbitrária (por parte da reitoria) dos calendários (no plural) do IFCE.

Logo, aqui, devemos explicar: há dois calendários que estão sendo modificado. O primeiro é acerca do calendário local do Campus Fortaleza (que prevê a extensão do semestre 2013.1, com a oferta extra de cadeiras, afim de recuperação ou antecipação). E, o outro, é o calendário ESTADUAL do IFCE, concernente ao semestre de 2013.2, que como deveis notar se refere a todo os 23 campi do Estado. E prevê 11 sábados letivos para o próximo ano, em desacordo com o calendário acadêmico acordado entre a reitoria e o movimento grevista do ano passado.

Para tanto, o DCE-JML, analisando que esta importante decisão não possa ser tomada nem isoladamente pela reitoria, nem isoladamente por seus diretores, propôs na assembleia (que tinha representantes da reitoria e contava com a participação do próprio diretor do campus de Fortaleza), conjuntamente com outros setores, que fosse realizado um PLEBISCITO para todos os estudantes e professores acerca desta questão! Através do Sistema Acadêmico.

Entretanto, o DCE-JML MANTEM A CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA ESTUDANTIL DO CAMPUS DE FORTALEZA! Por entender que esta decisão precisa ser debatida coletivamente, e contando com quórum político (20% dos estudantes), podendo decidir a nossa posição de estudantes quanto a questão.

O DCE-JML, em consenso com os trabalhadores, crê que estas mudanças, indiferente de seus bônus e ônus, devia ter passado antes por consulta dos discentes e docentes, e que estes, de maneira coletiva, decidissem pelo melhor calendário. Mas, não é novidade: MAIS UMA VEZ FOMOS TRATORADOS, e nossas opiniões desconsideradas. Logo, o DCE-JML assina esta moção de repúdio.

REFORÇAMOS A IMPORTÂNCIA DA PARTICIPAÇÃO DE TODOS E TODAS NA ASSEMBLEIA ESTUDANTIL CONVOCADA PARA O PRÓXIMO DIA 05/11/2013 (TERÇA-FEIRA DA PRÓXIMA SEMANA), AO MEIO-DIA!

Atenciosamente,
Direção do Diretório Central dos Estudantes – Jose Montenegro de Lima.

PS.: O DCE-JML compõe, conjuntamente com o SindsIFCE e a Direção do Campus de Fortaleza, a comissão que organizará a o plebiscito.
PS1.: O plebiscito seria paritário, como ocorre nas eleições para reitor.